Tua anja, teu amor.
A vida era passar o tempo juntos, era caminhar juntos de mãos dadas, conversando calmamente enquanto viam o sol se pôr.

O que a gente faz com a distância, mor?

Quem nos dera morrer de amor ao invés de dor.
Ergueu  
Aprendi que o amor são 2 pássaros livres. Eles ficam juntos por opção, afinal, possuem asas para irem embora. Alguns permanecem fiéis até à morte ao seu primeiro parceiro e aos seus ninhos de origem. Eles são frágeis mas voam alto porque possuem uma qualidade que os tornam especiais: são leves. Como os casais de pássaros se conhecem? Simples… Um dia ele vai chegar, pousar ao lado dela e ficar.
Sabe, isto é amor.
Marcela Taís.
Todos que escrevem sobre o amor, sentem dor.
A máquina de sentimentos. 
Se eu morrer antes de você, eu serei seu anjo da guarda .
— Desconhecido.
Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer.
O Teorema Katherine.     
Queria que você soubesse, assim, só pra saber, que o teu nome está em todas as minhas orações. E que antes de dormir e ao acordar, sussurro baixinho só para que Deus me escute o quanto é bom ter você comigo, e o quanto eu me sinto agradecida por isso, todos os dias.
Plenitude.   
E eu quero brincar de esconde-esconde, te emprestar minhas roupas, dizer que amo seus sapatos, sentar na escada enquanto você toma banho, e massagear seu pescoço. E beijar seu rosto, segurar sua mão e sair p’ra andar. Não ligar quando você comer minha comida, e te encontrar numa lanchonete p’ra falar sobre o dia. Falar sobre o seu dia e rir da sua, sua paranóia. E te dar fitas que você não ouve, ver filmes ótimos, ver filmes horríveis. E te contar sobre o programa de TV que assisti na noite anterior e não rir das suas piadas. Te querer pela manhã, mas deixar você dormir mais um pouco. Te dizer o quanto adoro seus olhos, seus lábios, seu pescoço, seus peitos, sua bunda. Sentar na escada, fumando, até seus vizinhos chegarem em casa, sentar na escada, fumando, até você chegar em casa. Me preocupar quando você está atrasado, e me surpreender quando você chega cedo. E te dar girassóis e ir à sua festa e dançar. Me arrepender quando estou errado e feliz quando você me perdoa. Olhar suas fotos e querer ter te conhecido desde sempre. Ouvir sua voz no meu ouvido, sentir sua pele na minha pele, e ficar assustada quando você se irrita. Eu digo que você está linda, e te abraçar quando você estiver aflita, e te apoiar quando você estiver magoada, te querer quando te cheiro, e te irritar quando te toco e choramingar quando estou ao seu lado. E choramingar quando não estou. Debruçar-me no seu peito, te sufocar de noite e sentir frio quando você puxa o cobertor e sentir calor quando você não puxa. Me derreter quando você sorri, me desarmar quando você ri. Mas não entender como você pode achar que estou rejeitando você quando eu não estou te rejeitando, e pensar como você pôde pensar que eu te rejeitaria. E me perguntar quem você é, mas te aceitar do mesmo jeito. E te contar sobre o "tree angel", "o menino da floresta encantada" que voou todo o oceano porque ele te amava. Comprar presentes que você não quer e devolvê-los de novo. E te pedir em casamento, e você dizer "não" de novo mas continuar pedindo, porque embora você ache que não era de verdade mas sempre foi sério, desde a primeira vez que pedi. Ando pela cidade pensando. É vazio sem você mas eu quero o que você quiser e penso. Estou me perdendo, mas vou contar o pior de mim e tentar dar o melhor de mim porque você não merece nada menos que isso. Responder suas perguntas quando prefiro não responder, e dizer a verdade mesmo que eu não queira, e tentar ser honesto porque sei que você prefere. E achar que tudo acabou, espera só mais dez minutos antes de me tirar da sua vida. Esquecer quem eu sou e me deixar tentar chegar mais perto de você. E de alguma forma, de alguma forma, de alguma forma compartilhar um pouco do irresistível, imortal, poderoso, incondicional, envolvente, enriquecedor, agregador, atual, infinito amor que eu tenho por você.
Reflections of a Skyline.
Eu lembro da primeira vez em que te vi. Seus cabelos estavam presos em duas tranças. Naquele dia na aula de música, a professora perguntou quem conhecia a canção do vale, sua mão logo se levantou e então você começou a cantar para gente. Então depois disso, eu penso em você todos os dias, toda hora, minuto e segundo.
Jogos vorazes.   
Me abrace forte, sinta meu perfume. Diga que estou bonita hoje, limpe com o dedo meu batom borrado, diga que sou bonita mesmo bagunçada. Coloque uma mecha do meu cabelo atrás dos meus ouvidos, me dê um beijo na bochecha, sussurre que nunca sentiu um cheiro tão doce quanto o meu. Me faça sua, me queira como sua. Me transforme em alguém que você quer pro resto da vida. Me deixe te fazer meu, do mesmo jeito que quero me fazer sua.
Voei-te.  
Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma, me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver…
Marisa Monte.  
Lembre-se. È o homem quem cria distância. È Jesus quem constrói a ponte.
— Deus chegou mais perto.
Um ‘A’ no início e o mar fica maior.
Pedro Pondé.  

tudo bem, dorme bem amor, te amo

theme por: romanceais